“Joelhos” Evite lesões conhecendo seu tipo de pisada

Dando seguimento aos post sobre os nossos queridos e as vezes não bonitos “Joelhos” vamos falar um pouquinho hoje sobre o tipo de pisada, isso mesmo você sabe seu tipo de pisada? Já parou para verificar isso? Eu estou doida para ter certeza de qual é a minha, andei procurando por aqui um lugar para fazer o teste da pisada mais achei tão caro, mais continuo procurando…

A informação ajuda na escolha do tênis mais adequado, garantindo conforto e menos risco de se machucar. Correr é uma atividade física bem fácil de ser praticada. Você calça o tênis e pode rodar por ruas ou parques em qualquer lugar do mundo.

Essa liberdade é um das coisas que mais me atrai no esporte. Mas o ato simples de calçar o tênis requer alguns cuidados. Antes de comprar o modelo mais bonito (e como os fabricantes têm feito tênis lindos!) ou o mais tecnológico (igualmente, eles têm caprichado no quesito), é importante conhecer seu tipo de pisada.

Como fazer isso? A observação mais apurada de um especialista e alguns testes podem ajudar no diagnóstico.

pisada-300x280

Seu pé pode ser normal, plano ou cavo. E sua pisada pode ser pronada (pisada para dentro); supinada (pisada para fora) ou neutra (não tem desvio de pisada). Com essas informações você pode escolher um modelo mais adequado para o seu pé – o que irá proporcionar maior conforto e menos riscos de lesões.

Teste da Pisada

O teste da pisada avalia o posicionamento do pé tanto na posição ortostática (em pé) quanto durante a deambulação (dinâmico). Nele, é avaliado a distribuição de pressão em toda a face plantar e seu comportamento durante as fases da marcha de um indivíduo. Esperando os seguintes resultados: pé plano ou pronado, pé cavo ou supinado, pé neutro e as variações entre eles.

tabela-pisada3-300x218

Qual a indicação do teste de pisada? Para os atletas buscamos uma melhor performance,além da prevenção de lesões Outros necessitam tratar problemas como fasceíte plantar, hálux valgo (joanete), metatarsalgia, sesamoidite, tendinite de Aquiles, dor nos joelhos e demais condições dolorosas com indicação do uso de palmilhas.

Existem alguns equipamentos que fornecem informações para classificar o tipo e função do pé: plantigrafia, podoscópio e baropodometria. A plantigrafia é a impressão grafada em papel das superfícies plantares dos pés com a carga do peso corporal. O podoscópio apresenta uma superfície de vidro que reflete a imagem plantar no momento que os pés se posicionam sobre o vidro. Na distribuição do peso do corpo, pontos de hiperpressão surgirão ou não, diferenciando pés cavos de planos. A baropodometria utiliza uma plataforma com um conjunto de sensores que registram pontos de pressão exercidos pelo corpo tanto numa tomada estática quanto dinâmica.

Aqueles que buscam o teste da pisada têm motivos: melhora no desempenho esportivo, dor ou disfunção articular, deformidades, entre outros. Uma avaliação físico-funcional  deve ser realizada por um fisioterapeuta e associada ao resultado da classificação dos pés para a escolha da melhor conduta terapêutica.

Em Brasília, essa análise é oferecida gratuitamente em algumas lojas. Uma delas pode ser conferida no link  http://www.runningshop.com.br. Há locais como o INESP que realiza o exame com ênfase em atletas. Veja http://www.inesponline.com.br.

Vale lembrar que sempre consulte um profissional especializado no assunto não vale apenas olhar para a imagem e sair comprando tênis como se você tivesse certeza de qual é a sua pisada…

Pisadas01-808x1024

Fontes: http://www.hospitaldaher.com.br

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s